1. Autoresponsabilidade

Trabalhar em uma grande empresa significa se portar exatamente da maneira que essa empresa determina, em muitas situações você acaba sendo muito mais um terno e uma gravata do que uma pessoa. Poder ser você mesmo é um dos pontos positivos de se tornar um empreendedor, é que a única pessoa a quem você precisará dar satisfação sobre seu comportamento será você mesmo.

2. Agregar valor as pessoas

As grandes e boas empresas sabem quais são as habilidades de seus funcionários e gostam de determinar quando, onde e como eles devem utilizá-las. “Você raramente consegue fazer as coisas da maneira que gostaria”.

Quando você começa a administrar o o próprio negócio, continua sendo uma pequena peça dentro de uma máquina. No entanto, você pode determinar quando, onde e como utilizar suas habilidades – o que lhe torna uma pessoa única dentro da empresa.

3. Fazer o que gosta

a maioria dos empreendedores que abrem um negócio, acaba abrindo uma empresa dentro de algo que goste. “Comece um empreendimento baseado em um interesse seu, um hobby ou uma paixão, e faça mais daquilo do que estaria fazendo de qualquer jeito, mesmo se não houvesse aberto um negócio”, Assim, o equilíbrio entre vida e trabalho acaba sendo atingido com muito mais facilidade.

4. Não deixe para amanhã

“Um dia, você se sentará em uma varanda pensando sobre a sua vida e as coisas que você já fez”,segundo pesquisa as pessoas se arrependem muito mais pelo que não fizeram por falta de confiança ou medo do desconhecido do que ter arriscado e falhado no meio da jornada. Uma das piores frases que você pode dizer começa com “como seriam as coisas se eu as tivesse feito de um jeito diferente?” Se você quer começar um negócio, comece. Ainda mais porque, hoje em dia, existem maneiras de limitar o quanto você está arriscando.